GALERIA DE VÍDEOS

Prev
  • Monster Rally Team - Ken Block

    Monster Rally Team - Ken Block

    Como é feito um carro de Rally!!! Vale a pena conferir

  • A História do WRC

    A História do WRC

    50 anos de "estradas"

  • Pirelli F1 - volta virtual na Hungria

    Pirelli F1 - volta virtual na Hungria

    Video 3D

  • 10 ANOS DE WRC

    10 ANOS DE WRC

    Para amantes do Rally

  • Aston Martin Vantage V12

    Aston Martin Vantage V12

    Imagens do teste em Jacarepaguá com entrevista do piloto Xandinho Negrão contando as impressões do carro

  • Rally Heaven - Shotgun in a Lancia Stratos and Delta S4

    Rally Heaven - Shotgun in a Lancia Stratos and Delta S4

    CHRIS HARRIS ON CARS

  • Stop Motion feito em unhas, para anunciar um carro

    Stop Motion feito em unhas, para anunciar um carro

    Kia Picanto

  • Extreme Sports Compilation

    Extreme Sports Compilation

    Belas imagens de esportes radicais

  • Espetacular

    Espetacular "voo" de Chad Reed a bordo de sua moto 450

    Campeonato Lucas Oil Motocross Championship (USA) em 16 julho

  • Flying High - WRC Rally Finland with pure engine sounds

    Flying High - WRC Rally Finland with pure engine sounds

    Rally da Finlândia - Sons dos motores

Prev

Página Inicial - Lista de Notícias

19/04/2017

Rally do Marrocos: Na Etapa 2, Luiz Facco/Humberto Ribeiro fecham em 2º nos buggies e em 4º na geral

 Conhecido como o mais exigente e o rali com as mais belas paisagens na África, o Rally do Marrocos (Morroco Desert Challenge: Extreme Rally-RAID) mostrou suas garras nas duas primeiras etapas. Mas os estreantes, Luiz Facco e Humberto Ribeiro #356 fizeram bonito na terça-feira, 18, entre Icht e Foum Zguid. A dupla da equipe Acelera Siriema completou o trecho cronometrado de 359 quilômetros em 4h57m, marcou o segundo melhor tempo na categoria Buggy e o quatro tempo na geral (entre os 60 veículos Carro/Buggy/SSV). Com o resultado, os únicos brasileiros na disputa estão na terceira posição entre os buggies no resultado acumulado.

A bordo de um buggy Predator X18s, 4x2, Facco (Barueri/São Paulo) e Ribeiro (Teresina/Piauí) estão no rali marroquino para aprender as técnicas de pilotagem e navegação no deserto. No segundo dia (18), a dupla enfrentou uma prova mais rápida, com trechos de pistas largas, outros mais traiçoeiros com pedras, buracos, depressões e o final com areia que exigiram técnica e habilidade na pilotagem. Mas todo o esforço foi recompensado: subiram aproximadamente 36 posições em relação à etapa anterior.

O primeiro dia (17/4) foi mais longo, muito exaustivo, duro com várias pedras e trial e impressionou até o mais experientes. A dupla, não habituada ao percurso marroquino, teve de driblar com braveza as adversidades e se adaptar ao veículo, bem mais fraco do que estão acostumados a pilotar no Brasil. Entre alguns perrengues, ficaram presos em uma pedra por quase 1 hora, mas voltaram à prova e completam em quarto na categoria, com 9h43m13, na 37ª posição na geral.

O Rally do Marrocos, antes conhecido como Rally da Líbia, é composto por sete etapas. Teve início na segunda (17), em Plage Blanche, e termina no domingo, em Oujda. 124 veículos - das categorias Motos, Quadriciclos, Carros, Buggies, SSV e Caminhões -, de 22 países, participam da disputa em território africano. A terceira etapa promete. Serão 345 km de trechos cronometrados entre Foum Zguid e Oum Jrane. Com vastas planícies e pistas rápidas no início, seguidas por altas dunas e a navegação será bem exigida. Além de vários buracos, depressões, pistas arenosas e muitas poeira.

Depoimento piloto Luiz Facco, estreante no Rally do Marrocos, atual Campeão Brasileiro de Rally Cross Country (Pró Brasil) e tricampeão do Rally dos Sertões:
Luiz Facco (#356) - "Já começamos com uma etapa daquelas, tanto que todos falaram que a primeira especial (17/4) foi mais difícil das oito edições do Rally da Líbia (como o Rally do Marrocos era chamado). Foram 370 km de muitas pedras e trial, no Km 40 perdemos a comunicação, os dois computadores e o Sentinel. Ficou crítico e nos perdemos algumas vezes. Depois entramos em triais absurdos, com paredes de pedras, ficamos presos em um pedra enorme e perdemos muito tempo. Depois quando faltavam 70 km para o final da Especial, fomos obrigados a tirar o pé para não ficar sem combustível, mas conseguimos completar em quarto na categoria. O Rally do Marrocos está sendo realmente uma experiência incrível e estamos somente no início!"

Mais informações sobre aventura da dupla da Equipe Acelera Siriema no Rally do Marrocos no Facebook: @acelerasiriemarally, site www.acelerasiriema.com.br

Classificação Etapa 2 - 18/4 (Cinco primeiros geral) - Carro/Buggy/SSV
1 353 HENRARD Stephane (1o. Buggy)
2 306 IMSCHOOT Erwin 00:22:32
3 305 WILLEMS Maik 00:23:12
4 356 FACCO Luiz/ RIBEIRO Humberto 00:32:11 (2o. Buggy)
5 318 VISY Michel 00:45:36

Imprimir